DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Grupo LEPEL – Linha de Estudo e Pesquisa em Educação Física & Esporte e Lazer >
Especialização (LEPEL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21239

Title: Crítica ao currículo multicultural em educação física, seu desenvolvimento histórico e seus nexos com o construtivismo
Authors: Heleno, Carolina Ramos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Melo, Flávio Dantas Albuquerque
Keywords: Pós-modernidade;Marxismo;Trabalho pedagógico;Cultura corporal;Educação física;Post-modernity;Marxism;Pedagogical work;Body culture;Physical education
Issue Date: 19-Jan-2017
Abstract: O presente trabalho discorre sobre as relações e nexos entre o Neoliberalismo e o Multicultu-ralismo Crítico e seus efeitos no trabalho pedagógico do professor de Educação Física. O es-tudo sobre a influência neoliberal e construtivista na educação será discutida particularmente a partir da análise sobre a produção de conhecimento do Multiculturalismo Crítico na Educação Física. É necessário aprofundar os estudos sobre o Multiculturalismo Crítico a fim de expor sua essência, suas relações e nexos com o Construtivismo, pois a partir das primeiras aproximações ao objeto reconhecemos que o multiculturalismo, apesar de sua forma progres-sista, desvaloriza o conhecimento objetivo e científico, expressando uma qualidade das teorias educacionais e pedagógicas sob o lema “aprender a aprender”. Destarte, a elaboração desse estudo é baseada no materialismo histórico dialético, limitamos nossas fontes bibliográficas às teses, dissertações, livros e artigos, aos quais submetemos ao fichamento e análise de conteú-do, enfatizando a concepção de educação escolar, currículo e trabalho pedagógico. A sistema-tização dos resultados aconteceu a partir da exposição das contradições das argumentações sobre as concepções de educação escolar, currículo e trabalho pedagógico contidas nas obras analisadas. Após a análise de obras essenciais a essa perspectiva teórica podemos afirmar que essa abordagem se alinha com a filosofia Idealista Subjetiva, pois trata a ideia, o espírito como o condicionante para a matéria. Como consequência, o multiculturalismo crítico advoga, junto a pós-modernidade, que não podemos mais confiar em projetos de sociedade, projetos históricos, que não existe verdade e que a realidade é condicionada pelas representações que cada individuo ou grupo cultural possa fazer dela. Sua característica essencial, que desmascara o discurso de ser uma abordagem ao lado dos desprivilegiados, que pretende formar uma sociedade mais justa e democrática, é a opção por um projeto histórico capitalista.
Abstract This paper discusses the relationships and links between Neoliberalism and the Multicultuism critic and its effects on the pedagogical work of the teacher of Physical Education. The study of neoliberal influence and constructivist education will be particularly discussed from the analysis of the production of knowledge Multiculturalism Critic in Physical Education. It is necessary to deepen studies on multiculturalism critic to expose their essence, their relationships and connections with Constructivism, as from the first approaches to the subject recognize that multiculturalism, despite its progressive form, devalues objective knowledge and scientific, expressing a quality of educational and pedagogical theories under the motto "learning to learn". Thus, the preparation of this study is based on historical dialectic materialism, we limit our literature sources to theses, dissertations, books and articles, to which we submit to a book report and content analysis, emphasizing the conception of education, curriculum and pedagogical work. The systematization of the results came from the exposure of the contradictions of arguments on the concepts of education, curriculum and pedagogical work contained in the analyzed works. After analysis of key works to this theoretical perspective we can say that this approach is in line with the philosophy Subjective Idealistic, because the idea comes as the condition for the matter. As a result, critical multiculturalism advocates, along postmodernity, we can no longer rely on historical projects, there is no truth and that reality is conditioned by the representations that each individual or cultural group can do it. Its essential character, which unmasks the speech to be an approach alongside the underprivileged, which aims to create a more just and democratic society, it is the choice of a capitalist historical project.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21239
Appears in Collections:Especialização (LEPEL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
HELENOmonografia.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA